Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)



O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) foi criado pelo Governo Federal com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico para a população brasileira por meio de ações como geração de renda e construção de moradias. Sua meta inicial visava alcançar um crescimento econômico anual de 5% com o estabelecimento de um conjunto de regras, compromissos de ação e diretrizes de governo.

O PAC está dividido em três eixos de infraestrutura logística (rodoviária, ferroviária, portuária, hidroviária e aeroportuária); energética (geração e transmissão de energia elétrica, petróleo, gás natural e energias renováveis) e social e urbana (Luz para Todos, saneamento, habitação, metrôs, recursos hídricos). 

PAC em Pernambuco 
O Governo de Pernambuco, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento, está investindo aproximadamente R$ 500 milhões em 16 projetos de urbanização que preveem a construção de 5.518 unidades habitacionais e serviços de infraestrutura (pavimentação, drenagem, iluminação, abastecimento d’água, esgotamento sanitário).

PAC 2 
O Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) teve sua segunda fase lançada em 2011. Em Pernambuco, o programa irá beneficiar 26 municípios com a elaboração de estudos topográficos e geotécnicos, planos urbanísticos e projetos executivos para a execução de obras, além da construção de 1.078 unidades habitacionais nas quais estão sendo investidos R$ 107,5 milhões.